Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Capa / Polícia Civil indicia ex-prefeito e secretário do município de Vilhena

Polícia Civil indicia ex-prefeito e secretário do município de Vilhena


Notícia publicada em 9 de agosto de 2017

Na manhã desta quarta-feira (09/08), foram ouvidos na Delegacia da Polícia Civil de Vilhena, o ex-prefeito Zé Rover (PP), e os ex-vereadores Marta Moreira (PSC), Marcos Cabeludo (PHS) e Jairo Peixoto (PP). Também deram depoimentos no inquérito da “Operação Habitus” o ex-chefe de gabinete da prefeitura, Bruno Pietrobom, e uma mulher cujo nome não foi divulgado e que teria comprado um dos terrenos entregues como propinas a políticos locais.escudo_pc_perspectiva_usar_11

De acordo com informações policiais, quatro dos depoentes foram indiciados na investigação, são eles: Zé Rover, Bruno Pietrobon, Jairo Peixoto e Marcos Cabeludo, já Marta Moreira, que concorreu a vice-prefeita no ano passado, prestou apenas informações. A senhora que comprou um imóvel de boa fé também foi ouvida na condição de testemunha.

Vale ressaltar que Marcos Cabeludo, além de ser indiciado, foi proibido pela justiça de exercer o mandato. Ele chegou a tomar posse no lugar de Carmozino Taxista (PSDC), que também perdeu o cargo após ser investigado por uma CPI, acusado do mesmo crime que recai sobre o sucessor.

O Delegado da Polícia Civil em Vilhena, Fábio Campos, comandou os interrogatórios e, não quis dar detalhes do caso, limitando-se a dizer que conforme as investigações, oito terrenos teriam sido entregues como propinas à “cúpula da prefeitura”. Mas lembrou que, para que alguém seja indiciado, é preciso que haja fortes suspeitas de sua participação em ilegalidades.

Fonte: ASCOM/PCRO com informações do site FolhadoSul.com

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo