Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Capa / Mais de 10 mil pessoas são aguardados na Feira de Peixe da Amazônia que começa nesta quinta-feira em Ji-Paraná

Mais de 10 mil pessoas são aguardados na Feira de Peixe da Amazônia que começa nesta quinta-feira em Ji-Paraná


Notícia publicada em 24 de outubro de 2017

Organizada por empresários do ramo da piscicultura e com apoio do Governo de Rondônia, são esperando mais de 10 mil pessoas para 1ª Feira Nacional de Peixe da Amazônia (Fenapam), que acontecerá nesta quinta-feira, 26, e prosseguira na sexta, 27, e sábado, 28, no Espaço Partenon, em Ji-Paraná.  O evento vai reunir produtores, comerciantes e expositores em torno de uma programação que incluiu palestras com especialistas e um show de gastronomia exclusivo com peixes da Amazônia.Piscicultura-Itapuã-Foto-Irene-Mendes-570x353

Dirigida ao segmento da produção e comercialização, a feira visa diretamente fomentar este novo ramo e tendência do agronegócio, promovendo o peixe da Amazônia e melhorando a tecnologia de produção, de modo a atrair investidores para estimular a economia do Estado, reforçada por uma campanha de incentivo ao consumo e ao comércio de peixes na região. Segundo a organização, a feira é mais uma oportunidade para divulgar o pescado da Amazônia, aproximando o produtor do fornecedor de tecnologia, buscando novos mercados e estimulando a industrialização do peixe da Amazônia.

 

No sábado, 28, o último dia da Fenapam, o governo de Rondônia, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Estadual (Suder), realizará a 4ª Rodada de Negocio do Tambaqui da Amazônia, com investimento de R$ 120 mil, custeado pela Superintendência de Desenvolvimento com recursos do Fundo de Investimento de Apoio à Indústria (Fider), aprovados pelo  Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Conder).

O Superintendente da Suder, Basilio Leandro de Oliveira, disse que a expectativas é superar o sucesso da 3ª Rodada de Negócios que foi realizado em dezembro do ano passado, em Ariquemes. “Na terceira edição fechamos mais de 11 milhões em um só único dia durante de evento”, lembrou Basilio.

Para o evento que quer apresentar Rondônia como o maior produtor de peixe em cativeiro do País, com uma estimativa de produção de nada menos de 104 mil toneladas nesta safra (2017), Basilio disse que um grupo de 12 empresários dos estados de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Acre e Amazonas, do ramo de frigoríficos de pescados e outros donos de empresas que faz a distribuição de peixes as redes de supermercados já confirmaram presença na feira.

De acordo com o diretor executivo da Suder, Pedro Texeira, na sexta-feira, 26, a equipe técnica da Suder conduzirá os 12 empresários para conhecer o frigorifico e a fábrica de ração da Zaltana Pescado, em Ariquemes. Também uma fazenda de criação de Tambaqui no município de Ouro Preto.

Programação

Quinta, 26, das 13h às 14h, inscrições para o evento. Das 14h às 18h30 terá ciclo de palestra. Também a partir das 14h até 22h terá exposição de stands de empresas e produtos aquícolas: rações, industrial, equipamentos e cooperativas de créditos.

Sexta, 27, das 8h às 12h, terá fórum politico sobre a aquicultura em Rondônia. Das 14h às 17h30 começara o ciclo de palestras em piscicultura. Também a partir das 14h as 22h, terá exposição de stands de empresas e produtos aquícolas.

Sábado, 28, às 8h terá palestra sobre o mercado da piscicultura. Das 9h às 17h tem a rodada de negocio. As 17h aconteceram às premiações. Lembrando que das 14h às 22h, tem a exposição de stands de empresas e produtos aquícolas.

O evento é aberto a todo segmento envolvido com a cadeia do peixe e ao público em geral. As inscrições podem ser feitas online na página da Fenapam e, ainda, no Espaço Partenon durante o evento.

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo