Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Capa / Vilhena: Saúde tem almoxarifado adequado pela primeira vez

Vilhena: Saúde tem almoxarifado adequado pela primeira vez


Notícia publicada em 8 de novembro de 2017

Organização permite controle total de saída e entrada de medicamentos

 far 1

Medicamentos e outros materiais ligados à saúde são elementos que exigem armazenamento adequado e organização, principalmente quando em altas quantidades.

 Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Vilhena deu origem a um almoxarifado exclusivamente para estes itens, seguindo todas as normas estabelecidas pelas legislações farmacêuticas e informatizando um controle rigoroso dos itens.

 Esta é a primeira vez que a Saúde de Vilhena passa por um processo como este. De acordo com a coordenadora de assistência farmacêutica da Semus, Francilene Rover, o armazenamento era feito até então de forma inapropriada. “Além de estar junto com o almoxarifado de outras secretarias, a medicação ficava vulnerável por conta de outros produtos que ficavam próximos como os de limpeza por exemplo. Existem normas para que medicação, drogas, material penso e insumos sejam guardados e agora conseguimos atingir esse objetivo”, explicou.

 O secretário municipal de saúde, Marco Aurélio Vasques, detalhou que atualmente o local em que está localizado o novo almoxarifado da saúde comporta a separação catalogada dos itens e um sistema foi implantado para gerar controle e organização na dispensação e estoque dos materiais. “O Horus é um sistema nacional e implantamos em Vilhena. Com ele, fica informatizada a entrada e saída dos medicamentos, gerando total controle e transparência. Primeiro fizemos isso na farmácia do Hospital Regional e agora toda a rede de saúde municipal conta com organização e segurança, o que não existia até então”, comemorou.

Vasques também informou que o serviço faz parte do Departamento de Assistência Farmacêutica que está sendo estruturado no município e que atualmente uma equipe está preparada para dar qualidade ao setor.

 Para a prefeita Rosani Donadon, a iniciativa é um avanço. “Precisamos ser transparentes com o povo. O usuário precisa ter garantia de que o medicamento que chega até ele esteja em condições de consumo. Alem disso, precisamos prestar conta dos gastos não só com medicação, mas com cada item que a prefeitura adquire e esse controle informatizado permite um balanço dos gastos com cada um dos elementos comprados”, encerrou.

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo