Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Capa / Criança de 3 anos presencia duplo assassinato em Alto Paraíso, RO

Criança de 3 anos presencia duplo assassinato em Alto Paraíso, RO


Notícia publicada em 21 de novembro de 2017

Dois homens foram assassinados com disparos de arma de fogo na noite da última segunda-feira (21) em uma residência localizada na região central de Alto Paraíso (RO), no Vale do Jamari. As vítimas eram Paulo Henrique Silva, de 23 anos, que estava foragido do Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO) e Claudison da Silva, de 40 anos, que cumpria pena em regime aberto domiciliar e era monitorado por tornozeleira eletrônica.dsc0286

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) recebeu a denúncia de que dois homens haviam sido assassinados. No imóvel, os policiais se deparam com as duas vítimas caídas em um quarto. Uma ambulância do Hospital Municipal de Alto Paraíso foi solicitada para prestar socorro às vítimas, mas constatou-se que os dois já estavam sem vida.

Segundo a PM, uma adolescente de 17 anos, que disse ser namorada de Claudison e uma mulher de 28 anos, que era namorada de Paulo Henrique, também estavam no imóvel e testemunharam o crime. Na casa também estava uma criança de três anos, que é filha da adolescente.

A adolescente relatou aos militares que ela e a outra testemunha estavam na área externa da residência quando foram surpreendidas por dois suspeitos armados e encapuzados. Os criminosos perguntaram por Claudison. Um dos suspeitos entrou no imóvel, foi até o quarto onde estavam os dois homens, efetuou diversos disparos de arma de fogo contra eles e fugiu em seguida junto com o outro suspeito. A criança de três também estava no quarto e presenciou o crime.

A Polícia isolou o local do crime até a chegada da perícia técnica. Paulo Henrique só teve a identificação confirmada no IML, pois no momento do crime não estava com nenhum documento pessoal. O caso foi registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes.

Conforme o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), Claudison da Silva cumpria pena em regime aberto domiciliar por um crime de roubo e era monitorado pela Casa do Albergado de Ariquemes.

Já Paulo Henrique estava foragido do Centro de Ressocialização de Ariquemes. Ele foi condenado há seis anos e 11 meses de reclusão e chegou a progredir para o regime semiaberto, a ser cumprido na Casa do Albergado, porém ele rompeu a tornozeleira eletrônica em junho deste ano e foi considerado foragido. Paulo foi capturado um mês depois, regrediu para o regime fechado no presídio do município, mas fugiu da unidade prisional.

Por Jeferson Carlos, Ariquemes e Vale do Jamari

Do G1 -RO

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo