Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Geral / Documentário produzido por vilhenenses alcança quase um milhão de visualizações no YouTube

Documentário produzido por vilhenenses alcança quase um milhão de visualizações no YouTube


Notícia publicada em 23 de junho de 2018

O curta “Os Nambiquaras e o Ritual da Menina-moça” retrata a cultura indígena amazônica
Os produtores culturais vilhenenses Washington Kuipers, Marcio Guilhermon e Andréia Machado têm motivos para comemorar, pois o documentário “Os Nambiquaras e o Ritual da Menina-moça” produzido por eles já alcançou quase um milhão de visualizações no YouTube.

8b86b20d-a2ad-4533-832d-4fc657c9794c
Segundo Washington Kuipers, a produção já conta com 942.214 visualizações, mais de 100 comentários e duas mil curtidas no canal do YouTube do Serpentário Produções.
O curta metragem foi produzido em Vilhena e contemplado com o prêmio de vídeo documentário “Lídio Sohn” do Governo de Rondônia através da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). De acordo com Washington Kuipers, o documentário tem a duração de 27 minutos e retrata o ritual da menina-moça praticado há muitos anos pelos indígenas Nambiquaras que povoam Rondônia.
Andréia Machado afirma que foi uma surpresa agradável saber que o documentário está fazendo sucesso na internet. “Fizemos o documentário com todo amor e carinho e postamos torcendo para que ele tivesse uma boa recepção pelo público, mas não imaginávamos que ia ser tão boa assim. Estamos muito felizes e isso nos motiva a continuar produzindo. Já estamos trabalhando em outro projeto que também vai retratar a cultura amazônica”, ressaltou Andréia Machado.
O produtor cultural Marcio Guilhermon lembrou que a obra foi exibida nos municípios de Vilhena, Pimenteiras do Oeste, Ji-Paraná e Porto Velho. “Além oferecemos oficinas de audiovisual nestes municípios, tudo com objetivo de incentivar a produção de cinema em Rondônia”, disse Marcio Guilhermon.
“Espero que as pessoas continuem assistindo o documentário e que possam conhecer e valorizar a cultura amazônica”, disse Marcio Guilhermon que também informou que o filme pode ser visto através do link: https://youtu.be/mQf2mFJXyY4 .

 

 

Assessoria

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo