Contadora assume a Secretaria de Meio Ambiente em Vilhena | Conesul Notícias Free songs
Vilhena, Rondônia, - E-Mail conesulnoticias@hotmail.com

Página inicial / Capa / Contadora assume a Secretaria de Meio Ambiente em Vilhena

Contadora assume a Secretaria de Meio Ambiente em Vilhena


Notícia publicada em 9 de agosto de 2018

A Secretaria de Meio Ambiente se desvinculou da Secretaria de Agricultura recebendo nesta segunda-feira uma secretária que responderá pela pasta, a contadora e gestora ambiental Marcela Rodrigues de Almeida. A fim de intensificar as atividades da secretaria, Marcela já estudou o setor junto à administração local e traçou seu plano geral de atuação à frente da secretaria.

_secretaria_semma_2_jpg

Formada em Tecnologia em Gestão Ambiental e bacharel em Contabilidade, Marcela recebeu a missão de comandar a pasta, após a Prefeitura buscar com cuidado um nome que pudesse representar bem o setor. “Pretendemos melhorar o tempo de conclusão dos processos ambientais, queremos realizar vistorias e fiscalizações de forma mais regular, continuar com projetos de conscientização ambiental e ampliar o Selo Verde”, revela.

 

A intenção é que as empresas tenham também licenças liberadas com mais rapidez e que projetos de conscientização sobre a destinação de lixo, queimadas e outros crimes ambientais sejam temas de palestras, pit stops e materiais informativos a serem divulgados na comunidade.

 

O prefeito Eduardo Japonês reiterou seu compromisso com o bom andamento da Prefeitura. “Precisamos de pessoas capacitadas à frente de cada setor. Confiamos na Marcela para tanto. Pessoas assim não são tão simples de encontrar imediatamente, no entanto, queremos dar esta certeza aos vilhenenses: a economia na folha de pagamento e a redução de cargos comissionados ou agentes políticos que nos propomos já está se realizando. No entanto, para que isso seja definitivo, precisamos do concurso público, como venho falando há 2 anos. Teremos um em breve e outro no ano que vem. Assim, em poucos meses acabaremos com vários anos de nomeações que não atendiam ao interesse público”, conta.

Assessoria

Comentários

Faça seu comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos requeridos são marcados *

*

Ir para o topo